Copy
Newsletter semanal de negócios sobre Portugal e a China
28/2016
Veja este e-mail no seu browser
 English news HERE | ä¸­æ–‡æ–°é—»è¿™é‡Œ
Workshops Portal Martim Moniz para empresários in CCILC
China deve aumentar importação de suínos em 2016 in Globo
Brasil lança estratégia para atrair turistas chineses in Portal Brasil
Ba Ki-moon elogia esforços chineses para o desenvolvimento sustentável in ONU
Curso de Pós-Graduação em International Business - ISEG/CEGE | Inicio de Setembro AQUI
I Fórum Económico Portugal-China | CCILC- Fundação AIP | 15 e 16 Novembro AQUI
China International Fair for Investment and Trade 2016 | 8 a 11 Setembro AQUI
Missão Empresarial na China - MIF 2016 e II Fórum dos Jovens Empresários China-PLP (AJEPC) | Outubro 2016 AQUI
Visita de estudo à China - CEGE/ISEG | 13 a 25 de Outubro 2016 AQUI
Exposição "Call Again" - Jorge Welsh | 1 a 22 de Julho 2016 AQUI
Emprego AQUI|Negócios AQUI

Chineses compram cinemas do El Corte Inglés e Dolce Vita Tejo

A empresa norte-americana AMC Entertainment Holdings, detida pelo grupo chinês Wanda Group do magnata Wang Jianlin, anunciou esta terça-feira, 12 de Julho, a compra da actividade europeia do grupo britânico de Odeon & UCI Cinemas Group, que opera em Portugal, entre outros, os cinemas do El Corte Inglés em Lisboa e do Dolce Vita Tejo.

Mais informações em Jornal de Negócios

UE deve reconhecer China como economia de mercado, afirma instituto alemão

O Instituto Ifo de Munique, um importante centro de pesquisas financeiras da Alemanha, publicou nesta segunda-feira (11) um relatório, solicitando à União Europeia (UE) que reconheça o quanto antes, a China como uma economia de mercado. 

A adesão da China à Organização Mundial do Comércio (OMC) foi formalizada por um protocolo em 2001. De acordo com o documento, o país passaria a ser reconhecido como uma economia de mercado em dezembro de 2016. O novo status impedirá a aplicação de medidas antidumping pela UE contra as importações chinesas.

Mais informações em CRI

Invasão chinesa na energia apenas a começar

A recente invasão do setor elétrico do Brasil por empresas chinesas em busca de aquisições e projetos gigantescos está só no início, afirmaram à Reuters especialistas próximos a investidores orientais, que veem mais companhias a caminho do país e novos negócios a serem fechados no curto e médio prazo.

As expectativas sobre transações envolvendo chinesas têm crescido após o acordo preliminar da State Grid para a compra da fatia da Camargo Corrêa na CPFL Energia por 5,8 bilhões de reais, anunciado na sexta-feira.

Mais informações em Exame

Macau prepara construção de túneis subaquáticos

O governo de Macau contratou a empresa chinesa “CCCC Highway Consultants Co., Ltd. Macau Branch” para estudar a viabilidade de construir dois túneis subaquáticos ao lado da ponte Nobre de Carvalho, a mais antiga do território, informou fonte oficial.

A Direcção dos Serviços de Solos, Obras Públicas e Transporte informou ainda que a empresa escolhida, de um conjunto de quatro que foram consultadas, apresentou a proposta de valor mais baixo para a realização do estudo – 7,22 milhões de patacas (902,5 mil dólares).

Mais informações em Macauhub

Chinesa da COOLpad no mercado português 

Coolpad anunciou dois novos smartphones para o mercado português, um deles para o mercado dos topo de gama.

No ano passado a fabricante chinesa lançou mais de trinta produtos, por isso é possível que cheguem mais dispositivos da Coolpad a Portugal até ao final do ano, estando para já a tentar conquistar um lugar no nosso mercado com cinco equipamentos.

Mais informações em PC Guia

"Vistos gold" batem números de 2015. Chineses lideram

Até 30 de junho foram concedidas 3609 Autorizações de Residência para Atividade de Investimento (ARI), das quais 3405 por via do requisito da aquisição de bens imóveis, revelam dados da APEMIP – Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal.

Sozinho o mês de junho registou um total de 157 vistos concedidos, tendo o primeiro semestre de 2016 fixado um total de concessões de 821 vistos, ultrapassando os 766 atribuídos em 2015.

Mais informações em Oje

CCILC
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Copyright © 2018 Câmara de Comércio e Indústria Luso-Chinesa, All rights reserved.