Copy
Newsletter semanal de negócios sobre Portugal e a China
01/2017
Veja este e-mail no seu browser
English news HERE | ä¸­æ–‡æ–°é—»è¿™é‡Œ
Atividade industrial chinesa cresce ao ritmo mais rápido dos últimos 4 anos in Economia ao Minuto
Bo Ji (CKGSB): "Portugal deve equilibrar qualidade e eficiência" in Jornal de Negócios
China: O novo paraíso dos elétricos ocidentais in Observador
China aprova criação de 5 novos bancos privados in Dinheiro Vivo
Exportações de Macau para a China isentas de taxas alcançaram os 11,5 milhões de euros in Sapo24
Raimundo do Rosário é personalidade do ano in Hoje Macau
Lufthansa e Miles & More com novo serviço de pagamento de voos em milhas in CCILC
Almoço-Conferência "Connecting Your Business With China | 31 Janeiro in CCILC
Centro de Produtos dos Países de Língua Portuguesa em Tianjin, China - Auditório AICEP | 19 Janeiro in CCILC
China Start - CKGSB | 6-10 Março in CCILC
Workshop de Mandarim - Fundação Oriente | 4-25 Fevereiro AQUI
Emprego AQUI|Negócios AQUI

Seis aspectos chave da economia chinesa em 2017

A economia chinesa adaptou-se à sua "nova normalidade" em 2016, no meio de crescentes preocupações pelo crescimento do produto interno bruto (PIB), a reforma estrutural do lado da oferta, a política monetária, o renminbi entre outros.

Qual será o desempenho da economia chinesa em 2017? Seguem seis âmbitos aos quais os especialistas pedem atenção estreita.

Mais informações em People

China continua atraente para investimento direto estrangeiro

A China permanecerá uma atração forte para o capital global devido a seu enorme potencial e à abertura contínua de mercado, declarou na quinta-feira um porta-voz do Ministério do Comércio.

"O governo continuará reduzindo restrições sobre investidores estrangeiros, prestando maior atenção a suas preocupações e protegendo seus direitos e interesses legais", disse o porta-voz Shen Danyang em uma entrevista coletiva.

Mais informações em CRI

Cresceu número de instituições superiores com cursos de português na China

Luís Tiago Pires está há pouco mais de um ano no ‘Império do Meio’. Na verdade, a sua chegada, em setembro de 2015, foi um regresso: a sua experiência como docente começou precisamente na China, em 2009, na Universidade de Estudos Estrangeiros de Tianjin, como leitor enviado pela Universidade de Lisboa, recorda. 

Confessa que as saudades da China ajudaram a ‘agarrar’ a oportunidade de assumir o Leitorado de Português na Universidade de Estudos Internacionais de Xangai, instituição de ensino superior que oferece uma licenciatura em Língua e Cultura Portuguesas e um mestrado em Estudos Portugueses, “com enfoque na linguística, tradução e literatura”.

Mais informações em Mundo Português

Duke Energy conclui venda de empresa no Brasil à CTG

A Duke Energy International, subsidiária do grupo norte-americano Duke Energy, concluiu a venda da totalidade do capital da Duke Energy Geração Paranapanema ao grupo estatal China Three Gorges, de acordo com uma informação ao mercado divulgada quinta-feira.

O comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) indica que o grupo chinês pagou por 99,06% do capital social com direito a voto 946,702 milhões de dólares, ou cerca de 10,55 dólares por acção

Mais informações em Macauhub

China acaba com o monopólio estatal mais antigo do mundo

A China disse adeus no primeiro dia de 2017 a mais de dois milênios de controle estatal sobre o sal, o monopólio mais antigo do mundo, com uma liberalização que deve baratear os preços deste produto básico, mas que se destaca, antes de tudo, por sua grande carga simbólica.

O fim deste monopólio não implica somente em que o país que mais consome sal no mundo suspenda os controles sobre os preços e a distribuição que duraram mais de dois mil anos, mas também desmantela uma gigantesca burocracia que inclui uma rede de escritórios locais da indústria salineira e um corpo policial específico.

Mais informações em UOL

Grupo de estudo explora oportunidades da Rota da Seda nos Países de Lingua Portuguesa

A análise e divulgação das oportunidades proporcionadas pela iniciativa oficial chinesa da Nova Rota da Seda para os países de língua portuguesa é o objectivo de um grupo de estudo constituído em Lisboa, cuja actividade terá início em 2017.

A Associação Amigos da Nova Rota da Seda, criada formalmente em Dezembro, junta personalidades do meio académico, económico, empresarial e até cultural, tendo entre os promotores Fernanda Ilhéu, investigadora do centro de estudos chineses China Logus (Instituto Superior de Economia e Gestão).

Mais informações em Macauhub

China Road and Bridge Corp. constrói ponte em Macau

A empresa China Road and Bridge Corporation vai conceber e construir a ponte de ligação entre a ilha fronteiriça artificial da ponte Hong Kong/Zhuhai/Macau e a Zona A dos novos aterros urbanos em Macau, de acordo com um despacho do Chefe do Executivo publicado em Boletim Oficial, com data de 2016.

A empreitada tem um custo global de 135,3 milhões de patacas (16,9 milhões de dólares) indo ser realizada ao longo de três anos económicos, com conclusão prevista para 2018.

Mais informações em Macauhub

CCILC
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Copyright © 2020 Câmara de Comércio e Indústria Luso-Chinesa, All rights reserved.