Copy
Newsletter semanal de negócios sobre Portugal e a China
49/2016
Veja este e-mail no seu browser
English news HERE | ä¸­æ–‡æ–°é—»è¿™é‡Œ
Xi Jinping faz história e estará presente no Fórum Económico Mundial em Davos in Forbes
Entrevista a Jorge Welsh: "O mundo já era made in China no Séc. XVIII" in Público
Conexão de bolsas Hong Kong - Shenzhen é lançada in People
Presença de Portugal em África atraiu empresas chinesas a privatizações in Macauhub
China Road and Bridge Corporation constrói ponte em Moçambique in Macauhub
Chineses dizem que o acordo nuclear do Irão é para manter in SIC Notícias
China Start - CKGSB | 6-10 Março in CCILC
Caderno Especial China do Expresso - 35% de desconto para associados CCILC: Participe! in CCILC
Wechat Business Training Workshop - EU SME Centre | 6-9 Dezembro in CCILC
NEYA Lisboa Hotel - Menu Solidário | Novembro e Dezembro AQUI
China Hoje: A desafiar os limites - Museu Oriente | 28 Outubro -18 Dezembro AQUI
120º Feira de Cantão | 15 Outubro - 4 Novembro AQUI
Emprego AQUI|Negócios AQUI

Novo Banco será do Minsheng Group ou Lone Star até ao Natal

O Banco de Portugal está a trabalhar para anunciar antes do Natal o nome do próximo dono do Novo Banco, mesmo que o contrato só seja assinado mais tarde, disseram ao PÚBLICO fontes do sector financeiro.

Depois de uma primeira tentativa falhada, em 2015, de passar a instituição hoje liderada por António Ramalho para a esfera privada, a expectativa do supervisor é que desta vez terá sucesso – mesmo que os mercados financeiros mundiais se voltem a agitar com os resultados do referendo italiano, que colocaram à prova o Governo de Renzi e o seu próprio sistema financeiro.

Mais informações em Público

China continua dos mercados emergentes mais atrativos

A China continua a ser atrativa como mercado emergente. O Brasil está a melhorar, mas mantêm-se os holofotes sobre os escândalos. A Rússia está fora de questão, diz Alan Ayres, responsável do departamento de ações para os mercados emergentes na Schroders.

"A China vai continuar a ser o modelo que os investidores de mercados enmergentes procuram. Na Schroders não acreditamos que a China venha a passar por uma crise financeira porque o Governo controla o sistema dos bancos."

Mais informações em Jornal Económico

Atividade industrial na China dispara para máximo de 2 anos

O índice de produção industrial da China voltou a subir em novembro, atingindo o nível mais alto em mais de dois anos.

O Purchasing Managers Index (PMI) fixou-se em 51,7 em novembro, cinco décimas acima dos 51,2 registados em outubro, segundo dados publicados hoje pelo Gabinete Nacional de Estatísticas (GNE) chinês.

Mais informações em TVI24

China impulsiona desenvolvimento de energia de biomassa até 2020

A China vai impulsionar o desenvolvimento de energia de biomassa nos próximos cinco anos para reduzir o consumo de carvão e melhorar a qualidade do ar, informou a Administração Nacional de Energia na segunda-feira.

  O país planeja alcançar a energia de biomassa equivalente a 58 milhões de toneladas até 2020, segundo o plano de desenvolvimento de energia de biomassa 2016-2020.

Mais informações em CRI

Pequim corta 2,5 milhões de toneladas em consumo de carvão

Pequim cortou mais de 2,5 milhões de toneladas na queima de carvão neste ano e reduziu a proporção de carvão no consumo energético total da cidade para cerca de 14%, anunciou na segunda-feira o Departamento Municipal de Proteção Ambiental.

A China usou mais ou menos 10 milhões de toneladas de carvão neste ano e o número deverá ser diminuído para nove milhões de toneladas até 2020, informou o departamento.

Mais informações em People

EUA bloqueiam compra chinesa de empresa tecnológica

Os EUA bloquearam hoje a compra do grupo industrial Aixtron, baseado na Alemanha, pelo grupo chinês Grand Chip Investment, invocando "os riscos para a segurança nacional", segundo um comunicado do Departamento do Tesouro.

Através de um decreto, o Presidente Barack Obama interditou a aquisição da filial norte-americana da Aixtron, fabricante de componentes destinados ao mercado dos semicondutores, que podem ter aplicações militares.

Mais informações em TSF

UE e Macau dão continuidade a programa de formação de intérpretes bilingues

A União Europeia e Macau concordaram em dar continuidade ao “Programa de formação de interpretação e tradução das línguas chinesa e portuguesa para conferências”, por forma a responder às necessidades de intérpretes bilingues qualificados

Nesta reunião, a 21.ª da Comissão Mista União Europeia-Macau, a delegação de Macau apresentou o Plano Quinquenal de Desenvolvimento da Região Administrativa Especial de Macau (2016-2020), recentemente promulgado, de acordo com um comunicado divulgado pelo Gabinete do Secretário para a Economia e Finanças.

Mais informações em Macauhub

CCILC
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Copyright © 2018 Câmara de Comércio e Indústria Luso-Chinesa, All rights reserved.