Copy
View this email in your browser

projecto COVID19PT Ciência

A Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar juntou-se ao projecto COVID19PT Ciência cuja missão é proporcionar a melhor evidência sobre a COVID-19 em português.


Espreite o nosso repositório de artigos com resumos e crítica em português aqui

Disponibilizamos ainda um buscador de TODOS os artigos publicados na PubMed sobre COVID-19. Actualizado diariamente. experimente aqui

A Catarina e a Patrícia traduziram os conteúdos do UpToDate para português! aqui mesmo

Hoje temos uma edição dedicada à
evidência covid19 em crianças e grávidas.

AVISO à navegação: click nos símbolos das revistas para aceder ao artigo original
2º AVISO à navegação: no final da newsletter têm formação grátis em covid19

Caracterização das vias de transmissão do SARS-CoV-2 na população pediátrica? 


click para artigo

Characteristics of pediatric SARS-CoV-2 infection and potential evidence for persistent fecal viral shedding


Mensagem chave: estudaram o padrão de excreção viral dos tractos respiratório e gastrointestinal em todos os dez pacientes (serie temporal de amostras de swab nasofaríngeo e retal usando RT-PCR em tempo real). Oito dos dez pacientes tiveram swabs retais positivos para RT-PCR em tempo real, sugerindo potencial excreção viral fecal. Além disso, oito dos dez pacientes (pacientes 1 a 6, 8 e 10) demonstraram testes RT-PCR em tempo real persistentemente positivos de zaragatoas retais após o teste nasofaríngeo ter se tornado negativo. Portanto, existe potencial transmissão fecal-oral de covid19.

David Rodrigues | 13/03/2020

Ler análise

Características epidemiológicas de pacientes pediátricos com COVID-19

 

Epidemiological Characteristics of 2143 Pediatric Patients With 2019 Coronavirus Disease in China


Mensagem chave: Crianças de todas as idades parecem ser susceptíveis ao COVID-19, sem significativa diferença entre sexos, apesar de as manifestações clínicas serem geralmente menos severas que em adultos. Mais de 90% tiveram infecção assintomática ou leve/moderada, com apenas 5.9% de casos severos a críticos; maioria de casos severos/críticos verificou-se nos mais jovens - 10.6% nos <1 ano vs. 3% nos 16-18 anos

Maria de Freitas Domingues | 01/03/2020

Ler análise

Características clínicas de doentes pediátricos com COVID-19 grave



Clinical features of severe pediatric patients with coronavirus disease 2019 in Wuhan: a single center’s observational study


Mensagem chave: Nesta série de casos de doentes pediátricos com COVID-19 grave, os principais sintomas descritos foram a polipneia, febre e tosse. Imagiologicamente apresentaram imagens de sombra em adesivo e opacidades em vidro despolido. Analiticamente, nos doentes em estado crítico foi mais evidente uma aparente tempestade de citocinas, traduzindo um estado de hiperinflamação.

Clara Jasmins | 19/03/2020

Ler análise

Quais são as características clínicas de recém-nascidos de mães com pneumonia 2019-nCoV que são importantes para preventivas?



Clinical analysis of 10 neonates born to mothers with 2019-nCoV pneumonia

 

Mensagem chave: A infeção perinatal com 2019-nCoV poderá ter efeitos adversos no recém-nascido, tal como stress fetal, parto prematuro, dificuldades respiratórias, trombocitopénia acompanhada por disfunção hepática ou morte. Não há evidencia de transmissão vertical, no entanto isolamento de mãe positiva para 2019-nCoV antes do parto e preparação para ressuscitação em sala de parto é aconselhada.

Joana Vaz | 10/02/2020

Ler análise

A maioria das crianças infectadas são assintomáticas ou têm um quadro clínico ligeiro.
Potencial transmissão fecal-oral

Qual a evidência disponível para guiar políticas de saúde e gestão de mulheres grávidas com COVID-19?
 


Coronavirus in pregnancy and delivery: rapid review
 

Mensagem chave: Comparando com a SARS e a MERS, a COVID-19 parece ser menos letal segundo o número limitado de casos reportados. 47% das grávidas hospitalizadas com COVID-19 tiveram partos pre-termo o que pode fazer uma pressão considerável nos serviços de neonatologia (por exemplo para assegurar monitorização fetal e ecografias regulares a todas grávidas infectadas). O Royal College of Obstetricians and Gynaecologists (RCOG)  recomenda que o tipo de parto seja determinado principalmente por indicação obstétrica e é contra a separação rotineira de mães COVID-19 positivas e seus bebés (segundo sugerem autoridades Chinesas). Decisões e aconselhamentos deverão ser feitas caso a caso. O RCOG também defende que o clampeamento tardio do cordão umbilical deve ser feito como normalmente uma vez que a transmissão vertical ainda não foi provada. Mulheres grávidas com COVID-19 devem ser monitorizadas tal como os seus fetos.

Joana Vaz | 17/03/2020 

Ler análise

Como adaptar cuidados perinatais a mulheres infectadas com COVID-19



International Society of Ultrasound in Obstetrics and Gynecology | ISUOG Interim Guidance on 2019 novel coronavirus infection during pregnancy and puerperium: information for healthcare professionals


Mensagem chave: Gravidas infectadas devem ser seguidas em centros terciários. Quartos de pressão negativa devem ser usados para parto e cuidados perinatais. Todas as grávidas devem ser inquiridas quanto a sintomas e contexto epidemiológico. Deve ser realizado TC a mulher com suspeita de COVID-19. Casos diagnosticados devem ser tratados com isolamento e tratamento sintomático. Gestão dos casos deve ser realizada por equipa multidisciplinar. Timing e tipo de parto devem ser individualizados. Não existem dados que sugiram trasmissão vertical. Não existem dados suficientes sobre segurança de amamentação ou necessidade de separar mãe e recém nascido. 

Paulo Faria De Sousa | 11/03/2020

Ler análise

As mulheres grávidas apresentam doença COVID-19 mais grave em comparação às mulheres não grávidas?



Zhu H, Wang L, Fang C, et al. Clinical analysis of 10 neonates born to mothers with 2019-nCoV pneumonia.


Mensagem chave: A infeção perinatal com 2019-nCoV poderá ter efeitos adversos no recém-nascido, tal como stress fetal, parto prematuro, dificuldades respiratórias, trombocitopénia acompanhada por disfunção hepática ou morte. Não há evidência de transmissão vertical. As mulheres grávidas apresentam doença Covid-19 clinicamente semelhante às mulheres não grávidas. 

Clara Jasmins | 13/03/2020 

Ler análise

Que recomendações clínicas seguir na gravidez?



Novel corona virus disease (COVID-19) in pregnancy: What clinical recommendations to follow?
 

Mensagem chave: Relativamente às grávidas deve ser adotada uma abordagem multidisciplinar. No geral a sintomatologia é semelhante à restante população e o principal foco deve ser a prevenção. Em caso de infeção da grávida, as medidas a tomar devem ser baseadas no quadro clínico da doente e ponderadas caso a caso. A transmissão vertical é pouco provável, mas é aconselhado o isolamento do bebé, para minimizar posteriormente o risco de transmissão.

Clara Jasmins | 05/03/2020

Ler análise

COVID-19 - avaliação das características clínicas na gravidez e potencial de transmissão vertical intra-uterina da infecção 


Chen H. et al. Clinical Characteristics and Intrauterine Vertical Transmission Potential of COVID-19 Infection in Nine Pregnant Women: A Retrospective Review of Medical Records
 

Mensagem chave: As características clínicas da pneumonia por COVID-19 em mulheres grávidas foram semelhantes às relatadas para pacientes adultos não grávidas. Não há evidência de infecção intra-uterina causada pela transmissão vertical em mulheres que desenvolvem pneumonia por COVID-19 no final da gravidez.

Joana Vaz | 07/03/2020 

Ler análise

Grávidas com quadro clínico semelhante a não grávidas. Não existe evidência de transmissão vertical.




 
Gostou? temos mais artigos compilados e analisados em
Evidentia Médica - aqui



 

Caso clínico covid19
 

críticas, dúvidas ou sugestões envie um email para david.rodrigues@evidentiamedica.com
This email was sent to <<Email>>
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
Evidentia Médica · Lisboa · Lisboa 0000 · Portugal






This email was sent to <<Email>>
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
Evidentia Médica · Lisboa · Lisboa 0000 · Portugal

Email Marketing Powered by Mailchimp