Zacharias Wagener. Rua dos Judeus (1639), principal mercado de escravos no Recife holandês


Seminário do LAH + PPGAS
Ronaldo Vainfas (PPGH/UFF)
Identidades fragmentadas:
os sefarditas luso-brasileiros no século XVII


16 de Março | Quinta-feira | 9:30h
PPGAS | Museu Nacional | UFRJ | Sala Lygia Sigaud

 
Resumo
A primeira grande fuga  de cristãos-novos portugueses e espanhóis ocorreu entre os séculos XV e XVI, no limiar da Época moderna, em meio às perseguições na Espanha, logo em Portugal, e a instalação do Santo Ofício, respectivamente em 1478 e 1536. Foi a fase mediterrânica, na qual o sefardismo se irradiou por várias cidades italianas, inclusive Roma, cidades gregas do Império Otomano, cidades do norte africano, sobretudo no Marrocos. Protagonizaram esta fase judeus tradionais e conversos ainda muito apegados à tradição judaica da península ibérica. A segunda fase se dirigiu para os Países Baixos, entre o fim do século XVI e o XVII e, à diferença da primeira, foi protagonizada por “judeus sem judaísmo”. Cristãos-novos muito afastados, geracionalmente, do sefardismo tradicional, do qual só possuíam uma memória herdada e fragmentada. Erigiram, porém, uma vigorosa comunidade na cidade a que chamaram de “Jerusalém do Norte”. Uma (re)judaização complexa, tratando-se de judeus que nunca antes o haviam sido. Yosef Kaplan os chamou, com razão, de judeus novos. Identidades partidas. Ainda mais complexo foi o encontro dos judeus novos luso-holandeses com os cristãos-novos luso-brasileiros após a conquista neerlandesa de Pernambuco, nos anos 1630. Estranhamento recíproco, rejeições mútuas, porém matizadas por certa mescla entre os grupos em contato, quando não pela adesão de cristãos-novos da terra à sinagoga pernambucana. Judeus novíssimos, por assim  dizer,  integrantes de um sefardismo instável, internamente conflituoso, marcado por preconceitos raciais de origem ibérica adensados pela experiência colonial.

 
 
.





 







This email was sent to <<Email>>
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
LAH/PPGAS/Museu Nacional/UFRJ · Quinta da Boa Vista, s/n · São Cristóvão · Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 20940-04 · Brazil

Email Marketing Powered by Mailchimp