Copy
Visualizar no navegador
ISSN 2318-1958

Número 16, 03 de Outubro/2014

Reunião anual do SciELO sinaliza nova etapa do programa


A partir de 2015 o SciELO Brasil passa a operar com novos critérios de indexação baseados no cumprimento de uma lista de requisitos e indicadores sobre a adoção das linhas de ação de profissionalização, internacionalização e sustentabilidade financeira que o Programa SciELO vem promovendo. Estas linhas de ação visam contribuir para o melhoramento do desempenho dos periódicos. A liderança dos editores-chefes é determinante na adoção das linhas de ação. A reunião anual do SciELO Brasil terá lugar em dezembro com foco na discussão da evolução do desempenho dos periódicos e adoção dos novos critérios de indexação. [Leia mais]

Destaques

Redes sociais e periodismo científico: desafios aos editores

Em entrevista para o Blog SciELO em Perspectiva, Jaime L. Benchimol discute o uso das Redes sociais e periodismo científico como desafio aos editores. Compartilha sua experiência e apresenta a trajetória e os desafios do História, Ciências, Saúde - Manguinhos, destacando: “É preciso aparelhar-se adequadamente e, tão importante quanto conquistar o apoio das agências de fomento, é convencer os dirigentes das universidades ou instituições de que periódicos científicos são indispensáveis e são custosos e complexos e não podem ser feitas à base de improvisações e do voluntarismo de alguns abnegados”. [Leia mais]

Repositórios da América Latina têm pouca visibilidade no Google Scholar

Um estudo recente sobre a visibilidade da produção Latino-Americana em repositórios em Open Access evidencia uma indexação muito pobre por parte de Google e do Google Scholar. São explicadas as razões técnicas destes problemas que afetam a visibilidade da pesquisa científica Latino-Americana que, por outra parte, em sua maioria tampouco está recompilada nas bases WoS e Scopus. [Leia mais]

Publicar ou perecer? O crescimento do autor fracionado… – Publicado originalmente na newsletter Elsevier “Research Trends Issue 38″ 

Andrew Plume e Daphne van Weijen investigam como a pressão sofrida por pesquisadores para publicar seus trabalhos afetou os padrões de co-autoria nos últimos 10 anos. Estariam os pesquisadores publicando mais artigos de autoria única ou participando como co-autores de mais artigos? [Leia mais]

Retratação científica e pseudociência

O crescente número de retratações científicas deve-se necessariamente a frutos de pseudociência? Refletir proficuamente sobre a temática remete à necessidade de reconhecer as demandas atuais do sistema científico sobre pesquisadores, os conflitos de interesses envolvidos e que a Ciência é produzida por seres humanos falíveis e com seus próprios valores morais. A globalização, ao mesmo tempo em que pode favorecer a má conduta, fortalece o controle social. A crescente retratação de artigos representa uma resposta necessária do controle social ao que alguns autores se referem como “pseudociência”. [Leia mais]

Ética editorial – boas e más práticas científicas

III BRISPE: Brazilian Meeting on Research Integrity, Science and Publicacion Ethics, com patrocínio da FAPESP, foi o terceiro evento no Brasil realizado com o objetivo de promover políticas e práticas institucionais de integridade científica e conduta responsável em pesquisa. Com a presença de vários convidados de prestígio vindos de países desenvolvidos foram analisadas estratégias de educação para novos cientistas e como diminuir as más práticas tais como falsificação de dados, plágio, conflito de interesses, manipulação de dados, etc. [Leia mais]
Share
Tweet
+1
Forward to Friend
 

Licença Creative Commons

O conteúdo dessa newsletter é licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.